Notícias

Eddie Van Halen: “Eu realmente sinto falta dele”, diz Tony Iommi

Lendário guitarrista do Black Sabbath falou sobre o amigo em nova entrevista

Tony Iommi, lendário guitarrista do Black Sabbath, concedeu uma nova entrevista à revista americana SPIN e um dos tópicos da conversa foi a sua relação com Eddie Van Halen, que morreu vítima de um câncer em outubro de 2020. “Eddie era um amigo muito próximo meu”, disse o pai do rock pesado e admitiu: “Eu realmente sinto falta dele”.

Aos 73 anos de idade, completados no último dia 19 de fevereiro, Tony contou à Revista que tem levado uma vida bastante pacata durante os seus dias de confinamento, como cuidar do cachorro, participar de algumas gravações em estúdio e brincar com alguma das suas guitarras espalhadas pela casa enquanto assiste TV.

Eddie Van Halen “Eu realmente sinto falta dele”, diz Toni Iommi
Foto: Tony Iommi/reprodução

Leia também:

Angel Sberse, da Malvada, lança versão incrível do Van Halen
Retrospectiva: fatos do mundo da música em 2020

Eddie Van Halen surgiu na conversa quando o jornalista perguntou se Tony lembrava-se da primeira vez que o viu tocar e a resposta foi:

“Eddie era um amigo muito próximo meu. Mantivemos contato desde a primeira turnê, desde 1978. Eles vieram em sua primeira turnê mundial com o Sabbath. Eles estavam todos coçando, todos prontos para ir. Eu realmente gostei dele. Eu nunca tinha ouvido nada parecido, a maneira como ele tocava, eu fiquei, ‘Uau, isso é realmente diferente’. Nós começamos a nos conhecer; eles saíram conosco, eu acho, oito meses”.

Iommi admitiu que os dois amigos se afastaram durante um período, mas que nos últimos anos eles se reaproximaram e que ele pode acompanhar de perto a evolução da doença de Eddie.Eu sabia que ele estava doente com câncer há anos e eu o acompanharia em seus diferentes estágios. Saíamos para jantar e conversávamos sobre isso”, contou.

Retrospectiva: fatos que marcaram o mundo da música em 2020
Foto: Eddie Van Halen/reprodução

O último contato de Tony com Eddie foi por e-mail, contou o guitarrista:

“Bem, eu sabia que era questão de tempo. Mas ele me contatou. E eu poderia dizer. O último e-mail foi um pouco antes de ele ir para o hospital pela última vez e foi realmente … Você sabe, algumas das palavras estavam misturadas, ele estava obviamente sedado ou algo assim. Mas esse foi o último que recebi dele. Eu realmente sinto falta dele”.

Leia também:

Van Weezer é um disco com músicas para estádios, conta Rivers
Sammy Hagar quer show tributo a Eddie Van Halen

2 comentários

Deixe uma resposta