Notícias

Max Cavalera: gravar álbum com o filho salvou sua sanidade

Primeiro disco do projeto Go Ahead and Die chega nesta sexta-feira (11)

Max Cavalera (Soulfly, Cavalera Conspiracy, ex-Speultura) lança nesta sexta-feira (11) o primeiro álbum do Go Ahead and Die, banda formada com o seu filho Igor Amadeus Cavalera (voz, baixo e guitarra) e o baterista norte-americano Zach Coleman. Ele admitiu em entrevista que gravar esse novo trabalhou salvou a sua sanidade.

Para promover o álbum do Go Ahead and Die, Max Cavalera e Igor Amadeus Cavalera conversaram com o Metal Hammer:

“Todo mundo estava enlouquecendo por causa da pandemia”, diz ele. “Havia uma nuvem negra ao redor e ninguém tinha nada para fazer. Então, fazendo esse álbum, eu tive um motivo para sair da cama e fazer algo com minha vida. Isso salvou minha sanidade”, disse Max durante a conversa.

O ex-vocalista do Sepultura comentou a ligação que tem com o filho por meio da música:

 “Sempre tive uma grande ligação com o metal com o Igor desde pequeno. Eu mostrei a ele muitas coisas da minha época, como Celtic Frost e Discharge, e ele me mostrou algumas coisas mais novas, como Full Of Hell e Genocide Pact.”

O álbum do Go Ahead and Die traz 11 faixas, sendo que três delas foram disponibilizadas anteriormente como singles: “Roadkill”, “Toxic Freedom”, “Truckload Full of Bodies”. A produção ficou a cargo de Max e seu filho.

Sobre a sonoridade Igor Amadeus Cavalera comentou: “Nós definitivamente queríamos ir para uma vibração da velha escola com isso”.

Ele também disse que a intenção era “fazer algo rápido e total mijo e vinagre, como Extreme Noise Terror e Discharge and Doom. O som e a imagem – tudo foi feito para andar juntos”

Go Ahead and Die - Go Ahead and Die
Go Ahead and Die – Go Ahead and Die

Confira a tracklist do álbum do Go Ahead and Die

  • “Truckload Full Of Bodies”
  • “Toxic Freedom”
  • “I.C.E. Cage”
  • “Isolated/Desolated”
  • “Prophet’s Prey”
  • “Punisher”
  • “El Cuco”
  • “G.A.A.D.”
  • “Worth Less Than Piss”
  • “(In The) Slaughterline”
  • “Roadkill”

Leia também:

Deixe uma resposta