Notícias

Pitty divulga inédita com pegada stoner rock; ouça

"Tempo de Brincar" foi escrita em 2010, mas só foi finalizada agora 2021

Saudade de ouvir Pitty fazendo um rock, digamos, mais nervoso? Então se liga nova música que ela disponibilizou nesta quinta-feira (08). “Tempo de Brincar” é uma canção com pegada stoner rock que foi escrita pela cantora baiana em 2010 em parceria com o guitarrista Martin, mas que acabou sendo gravada somente agora, em 2021.

“Tempo de Brincar” surgiu de forma despretensiosa, informa o comunicado de imprensa de Pitty. Ela e Martin escreveram a canção enquanto testavam equipamentos no estúdio. A cantora gravou a bateria e as vozes, enquanto seu parceiro de banda tocou guitarra e baixo. A versão que chega agora às plataformas de streaming conta ainda com o acréscimo de linhas de piano e novos arranjos de guitarra.

Pitty comenta o novo lançamento: “A música é um rock, bem ‘stoner’, e a letra eu fui construindo pensando em ‘Tempo de Brincar’ como analogia para várias coisas. Em inglês é `to play` e isso tem várias conotações; tocar, brincar, atuar, e até brincadeiras eróticas. A música fala sobre a noite ser um tempo de brincar. ”

Videoclipe de “Tempo de Brincar”

“Tempo de Brincar” ganhou um videoclipe dirigido por Fabrizio Martinelli, que buscou referências nos anos 1990.  As cenas mostram Pitty e Martin tocando instrumentos simultaneamente.

“Nossa inspiração foi a estética grunge, bem anos 90. E aí pensei nessa ideia de gravar eu e Martin apenas, assim como foi com a música, e gente ir se dividindo entre os instrumentos e ir formando a banda. Nós adoramos os clipes dos anos 90, foram referências de audiovisual importantes para a nossa geração. Ideias simples e esteticamente interessantes”, disse Pitty.

O disco de estúdio mais recente de Pitty foi “Matriz”, de 2019. No ano passado, ela lançou o registro ao vivo desse trabalho e a inédita “Na Tela”. Recentemente, ela gravou “Um Tiro No Coração” com Nando Reis.

Confira a nova música de Pitty:

Pitty aposta no stoner rock em nova música.

Leia também:

2 comentários

Deixe uma resposta