Listas Notícias

Por onde andam os artistas do Rock in Rio 3? – Parte 4

Terceira edição aconteceu em 2001 e contou com 42 artistas no Palco Mundo

Em janeiro de 2021 completam-se 20 anos da terceira edição do Rock in Rio, realizada em 2001, 10 anos depois da segunda edição que aconteceu em 1991 e 16 anos após a edição de estreia do festival em 1985. O festival ficaria mais 10 anos sem acontecer até o seu retorno definitivo em 2011.

A edição de 2001 trouxe artistas que já haviam tocado nas edições anteriores como o Iron Maiden e o cantor James Taylor, por exemplo, e também muitos artistas que faziam sucesso naquela, como é o caso do Silverchair, ou artistas que estavam no seu auge como a Cassia Eller. Também contou com artistas revelação, caso do Papa Roach,e a volta do Guns N´ Roses depois de quase 6 anos sem shows.

Por onde andam os artistas do Rock in Rio 3? – Parte 4
Foto: Rock in Rio/reprodução

Fatos que marcaram a edição 3

O festival aconteceu de 12 a 21 de janeiro de 2001, no seu local de origem, a Cidade do Rock, (o  Rock in Rio de 1991 aconteceu no Estádio Maracanã). O evento contou com 7 dias de shows distribuídos em dois finais de semana. Passaram, apenas pelo Palco Mundo, o palco principal, 42 artistas. Alguns fatos inusitados marcaram essa edição: o boicote realizado pelas bandas O Rappa, Cidade Negra, Raimundos, Charlie Brown Jr. Skank e Jota Quest, que questionavam o valor do cachê, a estrutura destinada aos artistas brasileiros, bem como os horários das apresentações. Outro fato marcante foi a prisão do baixista do Queens of the Stone AgeNick Olivieri, que tocou pelado até ser retirado do palco para que se vestisse. Ao final da apresentação ele foi preso pela polícia do Rio de Janeiro. Foi nesta edição, também, que o público assistiu cena lamentável em que roqueiros desmiolados atiraram garrafas no cantor Carlinhos Brown que tocou no mesmo dia que o Guns N´ Roses.

Leia também:

Por onde andam os artistas do Rock in Rio 3? – Parte 1

Por onde andam os artistas do Rock in Rio 3? – Parte 2

Por onde andam os artistas do Rock in Rio 3? – Parte 3

Retrato de época

O fato é que olhando em retrospecto, os line-ups do Rock in Rio funcionam como um registro da época em que cada uma das edições acontece. Muitos artistas consolidaram a sua carreira após tocar no festival e seguem fazendo sucesso enquanto outros desaparecem com o tempo. Pesando nisso, preparamos uma lista que será divulgada em 7 partes contando de forma breve por onde andam os artistas que tocaram nesta terceira edição do Rock in Rio, que contou a participação de 1 milhão e 200 mil pessoas, mais de 150 artistas que tocaram no Palco Mundo ou nas tendas Tenda Brasil, Tenda Raízes e Tenda Cultura e Arte.

Rock in Rio 2001 – Por onde andam? – Parte 4

A quarta parte da lista conta por onde andam os artistas que tocaram no terceira dia do Rock in Rio 3, realizado no dia 18 de janeiro, confira abaixo:

N´Sync

A boy band lançou no mesmo ano o terceiro disco da carreira que recebeu o nome de “Celebrity” e entrou em hiato no ano seguinte. O fim do grupo foi anunciado em definitivo no ano de 2006. Justin Timberlake construiu uma carreira solo bastante produtiva e elogiada. Lançou 7 discos e chegou a ser indicado 30 vezes ao Grammy Award, em diferentes categorias, e ganhou 10 vezes. Seu trabalhou mais recente foi “Man of the Woods” de 2018. O músico também desenvolveu uma extensa carreira no cinema. “A Rede Social”, produção que conta história do Facebook, e “O Preço do Amanhã” estão entre os filmes em que atuou. Lançou diversos singles ao longo do ano de 2020.

Britney Spears

Lançou naquele ano “Britney” e mais 7 álbuns desde então. O último foi “Glory” de 2016. Participou de alguns filmes, incluindo “Crossroads” (2002) e “Austin Powers in Goldmember” (2002). Fez participação especial em diversas séries, entre elas, The Simpsons, How I Met Your Mother e Glee. Viveu um colapso em 2008 por de problemas pessoais. cantora viveu episódios conturbados em sua vida que culminaram com uma ordem de tutela imposta a pedido do seu pai. A história será retratada em documentário que está em produção pelo New York Times em parceria com o FX e vai se chamar “Framing Britney Spears“. Ela foi jurada da segunda temporada de The X-Factor.

Aaron Carter

O astro teen lançou apenas 3 discos em 20 anos, o mais recente foi “Love” de 2018. Participou de inúmeras séries interpretando ele mesmo. E também atuou em alguns filmes. Prisões por drogas e por dirigir em alta velocidade colocaram a sua carreira em declínio. Foi para a reabilitação. Acusou a irmã de abuso sexual, que morreu de overdose. Foi alvo de uma ordem de restrição imposta pela justiça de se aproximar da esposa e da irmã. O cantor chegou a abrir uma conta no site OnlyFans onde passou a vender fotos de nudez e conteúdo adulto.

Sandy e Junior

Lançaram mais 4 discos, sendo o último o álbum homônimo de 2006. No ano seguinte, lançaram um “Acústico MTV” e anunciaram a despedida dos palcos. Sandy seguiu carreira solo. Junior virou, produtor, DJ, Youtuber e chegou a tocar em uma banda chamada 9 Mil Anjos formada junto com Champignon (falecido baixista do Charlie Brown Jr.) e Peu (falecido guitarrista da Pitty). Fizeram uma turnê comemorativa em 2019 chamada “Nossa História” que rendeu um DVD de mesmo nome. Sandy lançou três discos solo de estúdio e dois ao vivo.

Five

A boy band britânica lançou em 2001 “Kingsize”, seu terceiro e último disco de estúdio. O grupo se separou em setembro do mesmo. Tentaram um retorno em 2006, sem Conlon, fizeram uma turnê e novamente se separaram. Um novo retorno aconteceu em 2012, dessa vez com Conlon e sem Brown. Lançaram uma coletânea em 2016 chamada “Keep On Movin’: The Best of Five”

Moraes Moreira

Moraes Moreira morreu em abril de 2020 de um infarto agudo do miocárdio. Desde sua passagem pelo Rock in Rio, o cantor lançou 6 álbuns de estúdio, sendo que o último foi “Ser Tão (Discobertas)”, lançado em 2018. Ele chegou a publicar em 2008 o livro “A História dos Novos Baianos e Outros Versos”. Se reuniu com os Novos Baianos em 2015 para uma turnê comemorativa.

1 comentário

Deixe uma resposta