Notícias

Corey Taylor relembra como foi assistir o Slipknot antes de ser vocalista

Na época, músico cantava apenas no Stone Sour

Talvez você não saiba, mas no início o Slipknot contava com outro vocalista, Anders Colsefini, que inclusive gravou o primeiro trabalho do grupo, “Mate. Feed. Kill. Repeat”, lançado em 1996. Corey Taylor se juntou a banda somente em 1997 e seu primeiro show foi em agosto daquele ano, algo que deve ter sido bastante marcante para ele. Mas um outro show que marcou a memória do vocalista foi o primeiro que ele assistiu da banda como membro da plateia.

Corey Taylor contou ao podcast de Steve-O, estrela do Jackass (via Loudwire):

 “Quando eu assisti aquele primeiro show, eu estava bem na frente, eles vieram através do público, assustando muito, todo mundo! Porque eles estavam com máscaras completas, eles não estavam usando o macacão ainda, mas eles estavam apenas com essas roupas malucas. E eles começaram com – eu quero dizer que foram três minutos apenas de barulho e batidas explosivas. Era como estar na porra de um show do Melvins! Eu não posso acreditar, foi tão desagradável. E por alguma razão, eu estava tão atraído por ele e atraído por ele”.

O vocalista do Slipknot disse que sentiu que um diria seria parte da banda:

“Eu só estava tipo, ‘Eu vou ser o cantor desta banda algum dia’. E eu nunca tive esse pensamento em um milhão de anos por outra pessoa. E um ano depois, eles me perguntaram. É louco”.

Na época, Corey Taylor cantava no Stone Sour, que acabou entrando em hiato por causa dos compromissos assumidos pelo vocalista com o Slipknot. Anos depois, a banda retornaria e o cantor segue até hoje conduzindo a sua carreira tocando com os dois grupos.

Veja entrevista com Corey Taylor no player abaixo:

Leia também:

1 comentário

Deixe uma resposta