Notícias

Foo Fighters reabre Madison Square Garden com show emocionante

Foi o primeiro show na tradicional arena de Nova York em mais de 460 dias

O Foo Fighters realizou neste domingo (20) aquele que em um futuro não muito distante será visto como um dos shows mais emblemáticos da história do rock: foram a atração de reabertura do Madison Square Garden, com sua capacidade máxima, depois de 460 dias. Em mais de três horas de show, a banda de Dave Gorhl desfilou vinte e quatro músicas incluindo sucessos da carreira, músicas do novo disco e covers de Queen, Radiohead e Bee Gees.

O show do Foo Fighters no Madison Square Garden foi o maior show em Nova York desde março de 2020 e o vocalista Dave Gorhl discursou entre as músicas com a plena consciência da importância deste dia. “No ano passado, eu tive esse sonho recorrente de que eu entraria no palco e nos olharíamos pela primeira vez” disse durante a execução a música “Best of You”.

Ele acrescentou sem seguida: “E demoraria alguns minutos, onde apenas nos olharíamos como, ‘Graças a Deus chegamos aqui esta noite’. Foi exatamente como aquele sonho de merda”.

Em outro momento Dave também disse: “Isso é bom e acho que deveríamos fazer isso com mais frequência”.

Foo Fighters toca sucessos, novidades e covers

O repertório do Foo Fighters incluiu sucessos como “Times Like These”, “Learn To Fly”, “My Hero”, “All My Life” e vários outros. A apresentação também trouxe músicas do novo disco da banda, “Medicine At Midnight”, lançado em fevereiro deste ano: a faixa título, “No Son of Mine”, “Shame Shame” e “Making a Fire”.

O grupo aproveitou o momento para tocar alguns covers. O primeiro deles foi “Somebody To Love”, do Queen, cantada pelo baterista Taylor Hawkins. Depois foi a vez de “Creep” do Radiohead, com a participação do comediante Dave Chappelle dividindo os vocais.

Já no final, durante o bis, Dave Gorhl disse entusiasmado: “filhos da puta, esta noite vamos dar a vocês um gostinho da porra dos Dee Gees. Você está pronto? Não quero ver ninguém sentado, sabe de uma coisa? Vocês deveriam dançar, filhos da puta”. A banda então executou na sequência uma cover de “You Should Be Dancing” do Bee Gees.

A homenagem ao Bee Gees tem uma razão: o Foo Fighters lança no próximo dia 17 de julho o disco do projeto The Dee Gees, intitulado Hail Satin, que trará covers da clássica banda pop australiana.

Durante a apresentação, o Foo Fighters dedicou o show a Andy Pollard, roadie que trabalhou com a banda por 12 anos e morreu no último dia 18 de junho.  

Confira o setlist completo do Foo Fighters:

  • Times Like These
  • The Pretender
  • Learn To Fly
  • No Son of Mine
  • The Sky Is a Neighborhood
  • Shame Shame
  • Rope
  • Run
  • My Hero
  • These Days
  • Medicine At Midnight
  • Walk
  • Somebody To Love (Queen Cover) (Taylor Hawkins on Vocals)
  • Monkey Wrench
  • Arlandria
  • Breakout
  • Creep (Radiohead Cover) (Dave Chappelle on Vocals)
  • All My Life
  • Aurora
  • This Is a Call
  • Best of You

BIS

  • Making a Fire
  • You Should Be Dancing (Bee Gees Cover)
  • Everlong

Leia também:

1 comentário

Deixe uma resposta