Reviews

Novo do Nothing But Thieves é bom, mas é mais do mesmo

RCA/Sony Music (2020) - Nota (1 a 5): 3,5
Nothing But Thieves – Moral Panic – Capa/reprodução

Os britânicos do Nothing But Thieves surgiram em 2012 e logo ganharam notoriedade o suficiente para conseguir um contrato, gravar um EP e depois o primeiro álbum e abrir a turnê do Muse. O som da banda era sofisticado o suficiente para ser possível enxergar neles uma promessa futura para o rock de arena. As músicas deles são uma mistura de indie rock com hard rock feita de maneira bastante eficiente. Essa mistura se mostrou inventiva no excelente primeiro disco lançado em 2015, álbum que rendeu vários sucessos ao grupo.

Depois de um segundo disco (Broken Machine, 2017) que repetiu a fórmula do primeiro, mas sem o mesmo número de hits, e um EP com 4 músicas (What Did You Think When You Made Me This Way?, 2018), a banda chega ao seu terceiro trabalho de estúdio e o resultado é bom, mas é mais do mesmo.

O disco está repleto de hits românticos e radiofônicos. Tem dois grandes singles: “Is Everybody Going Crazy” e “Real Love Song”, a primeira é um hit dançante com refrão marcante e a segunda uma balada com pitadas de anos 80 para ser cantada em um estádio lotado. Destacam-se também: “There Was Sun”, “Before We Drift Away” e “Impossible”. Já “Unperson”, “Phobia” e “Free If We Want If” não empolgam tanto e a faixa título “Moral Panic” é descartável.

Conor Mason mostra-se cada vez mais um ótimo vocalista, criando linhas melódicas suaves e tocantes. As guitarras, por sua vez, não entregam a mesma criatividade vista no primeiro disco da banda e em muitos momentos os arranjos caem no lugar comum do indie rock e, com isso, a banda deixa de surpreender e entregar um disco que poderia entrar para os anais do rock ou, pelo menos, colocá-la no patamar dos grandes grupos da atualidade, algo que era possível vislumbrar lá em 2015, quando foi lançado o primeiro álbum. A banda não deu um passo adiante. “Moral Panic” é bom, mas é apenas mais do mesmo.

O álbum está disponível nas principais plataformas digitais. Abaixo você confere o clipe de “Real Love Song”:

1 comentário

Deixe uma resposta