fbpx
Notícias

Para Alice Cooper, política e rock and roll não combinam

Músico emitiu opinião controversa em recente entrevista

A música sempre foi um veículo para discutir e expressar opiniões políticas, certo? Bom, de acordo com Alice Cooper, não. O lendário cantor acredita que política e rock and roll não devem se misturar, pois não “pertencem à mesma cama juntos”, disse em recente entrevista Creative Loafing de Tampa Bay (via Loudwire).

Durante o bate-papo, Alice Cooper foi questionado sobre o seu relacionamento com Ted Nugent, roqueiro americano conhecido por ter um posicionamento político à direita. “Ted e eu crescemos juntos em Detroit, e ele sempre foi a boca que rugiu. Quando ele começa, ninguém pode ficar com ele. Eu meio que olho para ele como sua própria entidade”, respondeu.

Na sequência ele disparou: “Odeio política” e emendou: “Não acho que rock and roll e política pertençam à mesma cama, mas muitas pessoas pensam que sim – porque temos voz e devemos usar nossa voz. Mas, novamente, rock and roll deve ser anti- política, eu acho. Quando meus pais começaram a falar sobre política, eu ligava os [Rolling] Stones o mais alto que podia. Não quero ouvir política, e ainda me sinto assim.”

O cantor disse ainda que acredita que suas músicas devem funcionar para os fãs como uma espécie de “férias da CNN” e que eles não precisam esperar que ele lhes diga em que votar.

No último ano, Alice Cooper lançou o álbum “Detroit Stories”, o vigésimo da carreira.

Alice Cooper – “Social Debris”

“Social Debris” é um dos singles do disco mais recente de Alice Cooper.

Leia também:

Deixe uma resposta