fbpx
Reviews

Oceania estreia ao vivo, em casa lotada, o disco “Dark Matter”

Banda não se apresentava havia quase três anos e presenteou os fãs com show coeso e entusiasmado

A banda Oceania, liderada por Gustavo Drummond (Diesel, Udora), realizou ontem, sábado (28), em Belo Horizonte, no Cine Theatro Brasil Vallourec, o show de lançamento do seu segundo álbum de estúdio, “Dark Matter”. Foi a primeira apresentação do trio em quase três anos e marcou a estreia do baixista Afonso Silva

O álbum “Dark Matter” foi lançado no final de 2020, mas só agora teve a sua estreia ao vivo, por conta da pandemia. O Oceania tocou com o entusiasmo de quem não esperava a hora de apresentar as novas canções. O teatro estava lotado e o público era formado, em boa parte, por fãs de diversas cidades mineiras e também de outros estados. 

Eles foram recompensados com um show coeso e setlist composto, essencialmente, por músicas do novo trabalho, começando com “Looking For The Exit”, o primeiro single, passando pela intensa “Insane To The World”, pela melódica “Just A Ride”faixa que ganhou clipe recentemente -, pela potente “Mouth Of God” e pela épica “Into The Sun”. Gustavo fez questão de agradecer, diversas vezes, a receptividade do público. 

O primeiro álbum do Oceania, “Beneath The Surface”, também marcou presença com “The Enemy”, “Someday”, “Ammunition”, entre outras, enquanto o legado musical de Gustavo Drummond foi reverenciado, no encerramento, com as músicas “Pieces” e “When It Ends”, do disco “Liberty Square”, de 2005, e “Burn My Hand”, do álbum “Diesel”, de 2000, cantadas a plenos pulmões pelos fãs. 

Oceania lança Dark Matter
Foto: Tatiana Belisário/reprodução

Oceania | Belo Horizonte, 28/05/2022

1- Looking For The Exit
2- Insane To The World
3- Just A Ride
4- Out Of Reach
5- Beneath The Surface
6- The Enemy
7- Die Away
8- Mouth Of God
9- Someday
10- Disappear
11- Far Beyond Control
12- Into The Sun
13- Ammunition

Bis:

14- Pieces
15- Burn My Hand
16- When It Ends

Leia também:

Deixe uma resposta