fbpx
Notícias

Dave Grohl, do Foo Fighters, sente que é obrigado a tocar “Everlong” em todos os shows

O vocalista do Foo Figters explicou quais critérios a banda leva em consideração na hora de montar um setlist.

Para você qual música não poderia faltar em show do Foo Fighters? Bom, o vocalista Dave Grohl revelou que colocar “Everlong” em todos os setlists da banda é praticamente uma obrigação e que todas as outras canções da banda são apenas opcionais.

O líder do Foo Fighters conversou Mark Hoppus do Blink-182 no podcast do After School Radio sobre a retomada dos shows e como a banda faz para montar o setlists dos seus shows, já que a sua discografia fica cada vez maior, tendo em vista que eles lançaram o décimo disco de estúdio em fevereiro deste de ano, “Medicine At Midnight”.

Dave Grohl respondeu (via Kerrang):

“É difícil escrever um setlist porque … Na verdade, quando estávamos ensaiando, tínhamos esses quadros e gráficos apagados e tipo, ‘Aqui estão essas músicas, esses são os singles e esses são os cortes profundos, esses são os novos e esses são os covers ‘Foi difícil juntar tudo. Você quer representar cada era da banda, porque há mais do que algumas, mas você quer fazer uma setlist que é como uma montanha-russa, sobe e desce. E é difícil.”

Ele então mencionou a faixa lançada no segundo álbum do grupo, “The Colour And The Shape”, de 1997, como sendo a única que nunca pode ficar de fora:

“Eu sei que temos que tocar Everlong, é isso. Todo o resto é como, ‘Tanto faz’”.

Recentemente, o Foo Fighters liberou um disco que traz covers de Bee Gees e versões ao vivo de músicas do seu álbum mais recente. A banda segue em turnê pelos Estados Unidos.

Dave Grohl sente que é uma obrigação de tocar “Everlong”.

Leia também:

1 comentário

Deixe uma resposta