Notícias

Digão afirma que não apoia Jair Bolsonaro

Líder dos Raimundos retomou a polêmica iniciada por Pe Lu do Restart

O vocalista, guitarrista e líder dos Raimundos, Digão, concedeu uma nova entrevista ao canal Ramones Fans no Youtube e comentou os atritos que teve com Pe Lu, Tico Santa Cruz, Lucas Silveira e João Gordo há algumas semanas.

Tudo começou quando Pe Lu, ex-guitarrista do Restart, chamou Digão de “roqueiro reaçionário” em uma entrevista no podcast Falacadabra. Digão respondeu e a treta acabou envolvendo mais pessoas como Lucas Silveira (Fresno), João Gordo (Ratos de Porão) e Tico Santa Cruz, este último chegou a gravar uma live de quase uma hora em que chamou o guitarrista de “bunda mole”.

Na conversa com o Ramones Fans, o tema surgiu quando entrevistador questionou Digão sobre a música inédita dos Raimundos que o músico divulgou nas redes sociais em meio à polêmica.

“Tava rolando muita polêmica, o povo ‘falando, ah, você não faz nada’. Então eu falei ‘peraí, toma aí. Que que vocês acham disso aqui?’” disse Digão.

Depois ele acrescentou:

“Foi bom porque tirou um pouco do peso da daquela confusão, daquela coisa chata, as pessoas me chamando de roqueiro reaça. Eu respeito os colegas, a posição política de todo mundo. Se você acredita na esquerda, beleza, cara, eu te respeito, agora, eu não acredito”.

Foi então que ele disse:

“Eu também nunca enalteci Bolsonaro, nunca postei nada a favor dele, a única coisa que eu quero, velho, é que esse país seja justo”.

Digão também admitiu que não tem preparo para discutir questões políticas de maneira mais aprofundada:

“Eu não sou um cara técnico nessa coisa de política, eu não sou mesmo”, disse. “Eu não quero me aprofundar, não quero debater politicamente com ninguém, não quero condenar ninguém”.

Confira a entrevista na íntegra no player abaixo. O tópico em questão surge no final, a partir de 1 hora, 6 minutos.

Leia também:

1 comentário

Deixe uma resposta