Notícias

Tico Santa Cruz para Digão: “você não tem coragem”

Treta teve início com fala de Pe Lu, ex-guitarrista da banda Restart

Na última semana rolou uma treta entre o guitarrista e vocalista dos Raimundos, Digão, e Pe Lu, ex-guitarrista da banda Restart. Esse o último criticou o que chamou de postura reacionária do líder dos Raimundos e também do ex-vocalista da banda, Rodolfo Abrantes. “Essa é uma decepção para mim, de roqueiro reaça, isso é mais decepcionante do que pessoas que falaram de mim. Tipo Digão e Rodolfo, do Raimundos, se encontrando de novo no elogio ao Bolsonaro”, disse em entrevista ao podcast Falacadabra.

Você pode assistir no player abaixo:

Digão não gostou do que ouviu e respondeu com o post no Instagram em que marcava Pe Lu:  “Amigo, você deveria se decepcionar consigo mesmo. A minha história musical está tocando até hoje em todo lugar enquanto você aí precisa ‘lacrar’ pra alguém lembrar da sua existência”, dizia a legenda da imagem que trazia um print da manchete publicada pelo site Tenho Mais Discos Que Amigos.  

A discussão continuou no Twitter com a resposta de Pe Lu alegando que Digão o bloqueou para que ele não respondesse a postagem no Instagram: “Acordei com o Digão dando uma reposta idiota pra minha fala e bloqueando os comentários pra que eu não pudesse responder, então aqui vai a resposta”, diz o tweet que seguia com a imagem que pode ser conferida abaixo:

Depois o músico do Restart acrescentou em outro tweet: “E vale dizer, os comentários no post são recheados de homofobia disfarçada de rejeição ao meu trabalho. Pensamento retrógrado perpetuado por gente que se definem como bastiões do rock”.

Foi então que o Tico Santa Cruz entrou na conversa com o seguinte tweet: “Digão tem outras virtudes, conhecimento de política e questões sociais nunca foi o forte dele! Melhor ele ficar calado mesmo, porque assim não atrapalha! Toda vez abriu a boca, foi raso feito um Pires!”

Na sequência Pe Lu publicou uma mensagem no Instagram que dizia “Eu odeio os indiferentes” com a seguinte legenda:

“É sempre importante lembrar que ser isento É SIM POSICIONAMENTO POLÍTICO.

Falácias como essa do Digão de que “políticos são todos iguais” afastam o diálogo e elegem Bolsonaros. Não ser contra o governo atual é, além de mau caratismo, ser um apoiador dele, e se esconder atrás de uma “atitude rock and roll” pra justificar falta de argumento é de uma covardia sem tamanho.

Como figura pública, acredito que parte do meu papel é sim ser voz contra esse absurdo que estamos vivendo, se não, pra que serve a atenção das pessoas? É uma pena que um gênero musical que já foi tão atrelado a revoluções sociais, força de minorias, protesto, combate às forças estabelecidas, tenha alguns representantes tão vazios.

Aos ‘rockeiros reaças’: me desculpem, mas vocês não entenderam nada”.

Lucas Silveira e João Gordo também entraram na discussão. O líder da banda Fresno comentou na publicação de Pe Lu no Instagram: “meu mano, você sabe muito. e nem precisava saber muito para entender o óbvio. parte da mentalidade reacionária do roqueiro médio vem também do elitismo inerente ao estilo, dessa mania de se sentir ‘de outra casta’ por ouvir ou praticar o rock. esse comportamento encobre muitos preconceitos e disfarça de ‘atitude’ uma escrotice ignorante”.

Digão resolveu dar continuidade e marcou os três músicos (Pe Lu, Tico Santa Cruz e Lucas Silveira) em um stories do Instagram, que mostrava um print de um fã elogiando o trabalho do Raimundos e legendou:

“Quem são vocês, Pe Lu, Tico Santa Cruz, João Gordo e Lucas Silveira e mais todos os PELA SACO que me chamam de ‘roqueiro reaça’. Se vocês não despertam esse sentimento desse fã aqui através de sua música”.

Foi então que o Tico Santa Cruz decidiu fazer uma live no Instagram no sábado (1) para responder Digão e disparou: “você é bunda mole, você não tem coragem de vir publicamente assumir duas posições reacionárias”. E defendeu Pe Lu afirmando que o guitarrista está certo nas colocações que fez: “Você é reaça”, disse. E completou: “Roqueiro reaça não combina, roqueiro que junta com regime autoritário, regime fundamentalista, negacionista, que apoia tratamento precoce, promove aglomeração”.

Na live de quase uma hora, o vocalista do Detonautas relembrou o período em que cantou com os Raimundos e afirma que foi o responsável por reerguer a banda que passou por diversas dificuldades desde a saída de Rodolfo. “Coloquei o escritório do Detonautas a disposição dos Raimundos para marcar, uma turnê e isso repercutiu e o nome do Raimundos voltou ser falado”, disse.

Tico também disse que foi uma experiência foi enriquecedora para ele: “foram dias muito incríveis”, “pude conhecer mais profundamente da história do Raimundos”, no entanto, ele destacou, o que pode ser entendido com ingratidão da banda de Brasília, em diversos momentos ele afirma que Digão nunca o agradeceu. “Fiquei muito chateado quando o Raimundos gravou o acústico e nem convite para assistir a gravação os caras me mandaram”.

Assista a live de Tico Santa Cruz na íntegra:

Leia também:

7 comentários

Deixe uma resposta