fbpx
Notícias

Decisão controversa: Spotify atende pedido e remove músicas de Neil Young

Assunto tornou-se um dos mais comentados durante todo o dia

Conforme noticiamos aqui, o lendário Neil Young exigiu que o Spotify retirasse suas músicas da plataforma, pois ela tem permitido a veiculação de conteúdos antivacina, em especial o podcast Joe Rogan Experience. Eis que nesta quinta-feira (27), a informação de que o serviço de streaming suéco acatou o pedido do cantor, se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais. 

Em um comunicado enviado à Billboard, a empresa explica a sua decisão: “Queremos que todo o conteúdo de música e áudio do mundo esteja disponível para os usuários do Spotify. Com isso vem uma grande responsabilidade em equilibrar a segurança para os ouvintes e a liberdade para os criadores” (via NME)

Mais adiante, no mesmo texto, a empresa se defende da alegação feito por Neil Young. “Implementamos políticas de conteúdo detalhadas e removemos mais de 20.000 episódios de podcast relacionados ao COVID-19 desde o início da pandemia. Lamentamos a decisão de Neil de remover sua música do Spotify, mas esperamos recebê-lo de volta em breve.”

Fake news sobre vacinas fazem Neil Young exigir retirada de suas músicas do Spotify
Foto: Gorupdebesanez/Wikimedia Commons

Na carta encaminhada a seus agentes na segunda-feira (24), Neil Young diz: “Por favor, informe imediatamente o Spotify que estou cancelando ativamente toda a minha disponibilidade de música no Spotify o mais rápido possível. Estou fazendo isso porque o Spotify está espalhando informações falsas sobre vacinas – potencialmente causando a morte daqueles que acreditam na desinformação espalhada por eles.”

Em seu ultimato, Neil Young cita diretamente o programa de Rogan e propõe que Spotify faça uma escolha. “Eles podem ter Joe Rogan ou Young. Não os dois!”

E eles fizeram a escolhha e estão pagando o preço, já que uma onda de cancelamentos de assinaturas da plataforma ganhou as redes sociais durante o dia. Embora alegue preocupação com a liberdade dos criadores, aparentemente, a decisão do serviço de música mais popular do mundo tem a ver com números, pois, conforme destacou o próprio Neil Young, Joe Rogan Experience tem cerca de 11 milhões de ouvintes por episódio. 

Neil Young perde 60% de sua receita com streamings

Na sequência da retirada de suas músicas do Spotify, Neil Young divulgou dois novos comunicados agradecendo o apoio da Hipgnosis, editora que detém 50% dos direitos do seu catálogo, e a gravadora Warner/Reprise. O músico destacou o fato de que, com exclusão de suas músicas do serviço suéco, eles terão uma diminuição de 60% em receitas via streaming. “Obrigado Warner Brothers por ficar comigo e levar o golpe – perdendo 60% da minha receita mundial de streaming em nome da verdade”, escreveu o músico. 

“Estou muito feliz com o apoio deles”, escreveu Young sobre a Hipgnosis. “Quero agradecer pessoalmente à Merck [Mercuriadis, fundadora da Hipgnosis] e à Hipgnosis por estarem comigo. Esta é uma mudança cara, mas vale a pena por nossa integridade e crenças.”

Leia também:

2 comentários

Deixe uma resposta