fbpx
Notícias

Rivers Cuomo, do Weezer, cria o seu próprio serviço de streaming

Novidade foi divulgada pelo cantor em sua conta no Twitter

Em meio à polêmica retirada das músicas de Neil Young do Spotify, Rivers Cuomo, o vocalista do Weezer, anunciou que criou o seu próprio serviço de streaming, o Weezify. O aplicativo, que está disponível para download gratuito na Apple Store e na Google Play Store, reúne faixas demos escritas e gravadas pelo cantor de 1975 a 2017. 

O anúncio da novidade foi feito pelo próprio Rivers Cuomo em sua conta no Twitter. Como se fosse um anunciante de feira, escreveu o músico: “Cansado do Spotify? Venha para o Weezify”. A novidade traz mais de 3.500 versões demo de músicas escritas por Rivers Cuomo em diferentes fases da sua carreira, incluindo períodos anteriores à formação do Weezer

Rivers Cuomo, do Weezer, anuncia sua própria plataforma de streaming.

Agora, temos uma vaga noção do que Rivers Cuomo faz quando não está compondo como um louco, gravando ou fazendo shows. “Eu mesmo fiz este aplicativo. Levei todo o ano de 2021 para fazer. Espero que você goste”, disse o cantor.

O aplicativo possui três abas: “Profile”, em que o usuário pode colocar suas informações; “Market”, que permite consultar o catálogo e comprar os pacotes de música; e “Player”, em que é possível ouvir as músicas (não está claro se todo o material está disponível para audição gratuita). No final de 2020, Rivers já havia colocado cerca de 2 mil faixas à venda em seu site, cobrindo o período de 1975 a 2015. 

Olhando o tamanho do catálogo divulgado no Weezify, somos levados a crer que, de 2015 a 2017, o líder do Weezer escreveu cerca de 1.500 músicas novas, certo? Sua alta produtividade não é nenhuma novidade. No ano passado, sua banda lançou dois álbuns (“Ok Human” e “Van Weezer”) e promete mais quatro para 2022.

Leia também:

Deixe uma resposta