Notícias

Soundgarden: batalha jurídica ganha novo capítulo

Viúva de Chris Cornell abriu novo processo

Parece que a batalha entre a viúva do falecido Chris Cornell e os integrantes remanescentes do Soundgarden está longe de terminar. De acordo com o site de notícias americano TMZ, Vicky Cornell abriu um novo processo em que afirma que o valor oferecido por Kim Thayil, Matt Cameron e Ben Shepherd pela compra dos direitos do marido é irrisório e solicita ao juiz uma valorização dos ativos da banda.

Documentos obtidos pelo TMZ dizem que Vicky recebeu uma oferta de apenas US$ 300.000 – algo em torno de R$ 1 milhão e 600 mil – pela participação de Chris Cornell na banda. A quantia, afirma a viúva, é menor do que ela recebeu por sua parte dos royalties da banda em 2018. Ela também alega que o valor também não condiz com a oferta de US$ 16 milhões recebida pela banda de um investidor externo para obter o direito de exploração das fitas masters.

Soundgarden: batalha jurídica ganha novo capítulo
Foto: Chris e Vicky Cornell/reprodução

Diz o processo: “Os membros da banda ofereceram conscientemente apenas uma fração infinitesimal do verdadeiro valor do interesse de Chris no Soundgarden e em certas entidades relacionadas, fazendo uma oferta ridiculamente baixa. E eles sabem disso. Antes de fazer sua oferta absurda, o Soundgarden já havia recebido uma oferta de um grande investidor musical por vários milhões a mais. Na verdade, a oferta da banda é tão baixa que chega a ser tímida em relação aos royalties que Vicky recebeu por um único ano (2018) de uma única fonte de receita (gravações master do Soundgarden)”.

Leia também:

Billy Corgan fala sobre morte de Chris Cornell em nova entrevista

“Tivemos muita sorte com o Audioslave”, diz Tom Morello

Um informante do Soundgarden disse ao TMZ que o valor de compra foi calculado por especialista da indústria da música. “Conforme solicitado pelo Espólio de Chris Cornell e conforme exigido pelas leis do Estado de Washington, os membros sobreviventes do Soundgarden enviaram ao Cornell Estate há quatro meses uma oferta de compra da A participação da propriedade no Soundgarden foi calculada pelo respeitado especialista em avaliação da indústria musical Gary Cohen”, diz o pronunciamento da banda.

Vicky Cornell já havia oferecido uma proposta de US$ 21 milhões aos membros do Soundgarden pelo direito total da marca e ela foi recusada pois eles não teriam interesse em vender sua participação na banda “porque essa participação representa o trabalho de sua vida criativa”.

Leia também:

Viúva de Chris Cornell garante que fãs vão ouvir as músicas inéditas do Soundgarden

Soundgarden regrava clássicos com Brandi Carlile

2 comentários

Deixe uma resposta