Listas

Kurt Cobain: tudo o que foi lançado após a sua morte

Listamos tudo o que foi disponibilizado depois de abril de 1994

Neste 5 de abril de 2021 completaram-se 27 anos da morte precoce e trágica de Kurt Cobain, vocalista, guitarrista, líder e principal compositor do Nirvana, que suicidou-se aos 27 anos. Quase que no mesmo dia, circulou a notícia sobre uma “nova” música que foi criada a partir do uso de um software de inteligência artificial que mapeou o estilo de composição do ícone Seatle. A canção, “Drowned in the Sun”, chama a atenção pela semelhança com as composições do cantor e nos faz pensar em tudo que ele poderia ter feito se não tivesse partido tão cedo.

Kurt Cobain: tudo o que foi lançado após a sua morte
Foto: Kurt Cobain/reprodução

Desde a morte de Kurt Cobain, ocorreram diversos lançamentos póstumos, a maioria são b-sides, versões demo, covers, registros ao vivo e canções inacabadas. A única canção realmente inédita do Nirvana foi lançada em 2002, “You Know You’re Right”, gravada meses antes da sua morte. Houve também o lançamento, em 2015, de “Montage Of Heck: The Home Recordings”, trilha sonora do documentário “Cobain: Montage of Heck”, que trazia várias canções inéditas em versões demo.

Leia também:

Confira abaixo uma lista de tudo o que foi lançado desde que Kurt Cobain se foi:

MTV Unplugged in New York (1994)

O primeiro lançamento póstumo do Nirvana aconteceu no mesmo ano da morte de Kurt Cobain, trata-se do álbum “MTV Unplugged in New York” que traz o registro do show acústico feito pela banda em novembro de 1993. O lançamento aconteceu no dia 1º de novembro de 1994. O disco ganhou o Grammy de Melhor Performance de Música Alternativa em 1996, único que a banda ganhou em sua curta carreira. “All Apologies”, “About a Girl” e “The Man Who Sold the World” estão entre os singles destaque.

Singles (1995)

No ano seguinte foi lançado um box com todos os singles do Nirvana lançados pela gravadora Geffen Records, extraídos dos álbuns “Nevermind” (1991) e “In Utero” (1993). Os singles constantes na caixa são: “Smells Like Teen Spirit”, “Come as You Are”, “In Bloom”, “Lithium”, “Heart-Shaped Box”, “All Apologies/Rape Me”. Cada single vinha com os seus respectivos b-sides, entre eles, “Even in His Youth”, “Endless, Nameless” e “Marigold”, esse último escrito por Dave Grohl.

Kurt Cobain: tudo o que foi lançado após a sua morte
Foto: Nirvana: Singles/reprodução

From the Muddy Banks of the Wishkah (1996)

Em 1996 foi lançado o primeiro álbum ao vivo e elétrico do Nirvana. Na verdade, “From the Muddy Banks of the Wishkah” é uma compilação de músicas ao vivo gravadas pela banda no período de 1989 e 1994, ou seja, compreende o período pré-estrelato e também os últimos shows do grupo, quando Kurt Cobain já estava bastante debilitado. “Smells Like Teen Spirit”, “Drain You”, “Sliver” Heart-Shaped Box” e “Negative Creep” são algumas das canções que aparecem.

Nirvana (2002)

Com uma capa toda preta e apenas o título “Nirvana”, foi lançada em 2002 uma coletânea com os maiores sucessos do grupo, o destaque, no entanto, ficou por conta da música “You Know You’re Right”, a primeira canção realmente inédita da banda a ser lançada como single depois da morte de Kurt Cobain. A música foi gravada em janeiro de 1994, naquele acabou sendo a última seção do Nirvana em estúdio. A canção demorou a ser lançada por uma disputa judicial envolvendo os membros remanescentes e a viúva de Kurt, a cantora Courtney Love.

With the Lights Out (2004)

Trata-se de mais um box. O pacote traz três CDs e um DVD com b-sides, covers, demos, ensaios e gravações ao vivo. Ao todo, o box traz 63 registros. O DVD traz vídeos de ensaios, sessões de estúdio, shows e vídeos promocionais.

Sliver: The Best of the Box (2005)

Trata-se de uma compilação das melhores canções de “With the Lights Out”, além de trazer mais 3 registros inéditos (“Spank Thru”, ‘Fecal Matter”, “Sappy” e “Come As You Are”, essa última na versão demo).

Live at Reading (2009)

Em 2009 foi lançado oficial em CD e DVD o registro do show que banda fez Reading Festival em Reading, Inglaterra, em 30 de agosto de 1992, que circulava como bootleg havia anos. A versão lançada foi masterizada e teve suas cores corrigidas. Na apresentação, o Nirvana executou 25 canções “Breed”, “Drain You”, “Aneurysm”, “School”, “Sliver”, “In Bloom”, entre outras.

Nevermind – 20º Aniversário

Foi lançado em 2011 em comemoração aos 20 anos de “Nevermind”, uma versão deluxe com dois discos e uma versão Super Deluxe com 5 discos. Versão remasterizada, b-sides, shows e demos fazem parte do pacote.

Leia também:

Live at the Paramount (2011)

O show que banda fez no Paramount Theatre em Seattle, Washington, em 31 de outubro de 1991 foi lançado oficialmente em 2011 juntamente com a reedição Super Deluxe Box em comemoração ao aniversário de 20 anos do “Nevermind”. O pacote trazia CD, DVD e Blu-ray. O show traz a banda às portas do megassucesso, já que o disco tinha disso lançado havia 5 semanas, ou seja, pouco mais de um mês. Em 2019, o show esse foi disponibilizado em vinil.

Nevermind: The Singles (2011)

Mais um box de singles, mas desta vez apenas os do disco “Nevermind”. Trata-se de uma edição especial e limitada em vinil lançada para o Record Store Day 2011. Foram produzidas apenas 5 mil cópias.

Kurt Cobain: tudo o que foi lançado após a sua morte
Foto: Nevermind: The Singles/reprodução

In Utero – 20º Aniversário

Foi lançado em 2013 em comemoração aos 20 anos de “In Utero”, uma versão deluxe com 5 discos. Versão remasterizada, b-sides, shows e demos fazem parte do pacote.

Live and Loud (2013)

Mais um registro ao vivo da banda que veio juntamente a reedição Super Deluxe Box em comemoração ao aniversário de 20 anos do “In Utero”, lançada em 2013. O registro da vez traz a banda tocando Pier 48 em Seattle em 13 de dezembro de 1993. O show fazia parte da turnê “In Utero”  e a estética do palco foi montada seguindo a identidade visual do disco.

Montage Of Heck: The Home Recordings (2015)

O diretor Brett Morgen lançou em 2015 um documentário sobre a vida de Kurt Cobain chamado “Cobain: Monatge of Heck”. Em suas pesquisas para o filme, Brett acabou encontrando diversas gravações precárias de Kurt Cobain, que acabaram sendo lançadas como trilha sonora da produção. Ao todo foram lançadas 31 canções, muitas delas são gravações de fita cassete.

Leia também:

5 comentários

Deixe uma resposta