Notícias

Greta Van Fleet rebate afirmação de Gene Simmons

Vocalista e baixista do Kiss disse que “o rock está morto”

Gene Simmons, vocalista e baixista do Kiss, concedeu uma entrevista ao Gulf News no final do ano passado e disse o seguinte: “O Rock está morto. E isso porque novas as bandas não têm tido tempo para criar glamour, emoção e coisas épicas”. Muitas pessoas discordaram da fala dele e uma dessas pessoas é Josh Kiszka, vocalista do Greta Van Fleet, informa o NME.

O Greta Van Fleet acaba de lançar seu segundo álbum de estúdio “The Battle at Garden’s Gate” e tem concedido entrevistas para promover o novo trabalho. Em uma conversa com o NME ele acabou rebatendo a fala de Gene Simmons proferida no final de 2020.

Leia também:

O vocalista do Greta Van Fleet sugere que Simmons enxerga as coisas de maneira errada:

“Talvez o mundo do rock [Gene] se lembre esteja morto … Não sei”, disse Josh. “Acho que o rock ‘n’ roll é um gênero muito elástico, é um gênero muito eclético. Parece que de vez em quando, uma geração reinterpreta o que é”, comentou.

Josh acredita que é natural o rock às vezes ficar adormecido, mas ele sempre se renova com o surgimento de novos artistas que continuam carregando o seu legado.

“E eu tenho ouvido muito, ao longo dos anos, acho que as pessoas sopram sobre … Acho que o rock ‘n’ roll pode ficar adormecido, mas você não pode matar algo que substitui o tempo. É uma atitude, um espírito e uma celebração. Acho que as pessoas passam a tocha e o tempo passa“, disse.

O vocalista do Greta Van Fleet, inclusive, chegou a discutir o assunto com ninguém menos que Elton John e os dois possuem opiniões semelhantes.

“Acho que provavelmente muitas pessoas discordariam dele. Elton John é um, tenho certeza. Eu ouvi isso sair de sua boca”.

Leia também:

2 comentários

Deixe uma resposta